Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

{Cotovia} e Companhia

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

{Cotovia} e Companhia

26
Fev23

Agora é que é...RAP e...


Cotovia@mafalda.carmona

...o confronto!

  • Nah, ontem afinal não foi um confronto, porque esse está reservado para Hoje! Sim eu sei que na publicação de ontem, um "Diálogo da Cotovia" bastante surreal ao incluir um brunch dialogante entre, por intermédio livro, Agualusa e Bronnie, anunciei um confronto entre estes dois autores, mas revelou-se, apenas, uma troca de ideias.

Portanto, é Hoje o confronto... Entre quem perguntam vós, Pessoas? E vejam se concordam comigo, tive esta epifania enquanto preparava as 3 postas de bacalhau à lagareiro para o almoço de Domingo, que já estavam no congelador desde o Natal, a morarem ao pé da embalagem de castanhas, desde a mesma altura:

Ontem o Ricardo, o Araújo Pereira, também conhecido por RAP,  foi o entrevistado no programa Alta coisa e assim o que dizem os teus papos, perdão estou a parafrasear, dizem os teus olhos. Aí, entre outras coisas muito interessantes ditas pelo RAP,  a uma velocidade da sua mente brilhante e inteligente, (velocidade de rali de fórmula um, não é para todos já sabemos), mesmo ali no finalzinho, depois de confessar vários pecados mortais, como Pessoa cheia deles, como se assume (e nós também já desconfiávamos, incluindo um quanto baste de exibicionismo, a raiar o nível da raposa matreira, coisa que também assume ao mostrar os seus "truques", que se bem com alguma imodesta revelação, são muito úteis aos demais...), na parte do rancor associado a uma benéfica preguiça que o impede de ativamente praticar a vingança, detetei ali uma pontinha dessa mesma iguaria que se serve fria, não fosse eu uma cotovia com um prolapso numa das coisas que para aqui andam no coração, fruto de um pequeno escorpião, mais ou menos domado, mas o "mal reconhece o mal".

Vai daí, ouvi aquilo, que em interpretação muito livre, como costume, foi mais ou menos isto: 

"Ah e assim, andam aí gente (ou assim), que vai falar e diz coisas como - se eu consegui vocês também conseguem!. Só que eu discordo com esta linha, como lhe chamam, motivacional ou assim, porque obviamente que isto não é assim. Eu consigo porque houve uma série de condicionantes, desde o sitio onde nasci..." etc ( só mesmo revendo o programa Pessoas, está lá tudo).

E então, e como tinha estado a falar de vingança, e entretanto o RAP anunciou que Hoje domingo ia haver um especial do "Isto é gozar com quem trabalha", e nesta altura, foi quando percebi que a travessa de alumínio estava furada e tive de limpar a bancada de cozinha e mudar o bacalhau com o azeite, o alho e as batatas para uma travessa de pirex, pensei, tu tem lá cuidado com o que vais deduzir, que ele há gente que tem pactos com o demo e por isso até já o bacalhau está possuído, mas vou dizer na mesma, se é que todas vós Pessoas ainda não adivinharam: a estreia do programa na concorrente, com quem?

E agora que o azeite além de se espalhar pela bancada escorreu pela porta do armário até ao chão, já ando de esfregona na mão, e  penso, como o António Variações, vou alertar, mas entretanto vai de reto satanás, três vezes volta para trás, Cristina Ferreira, ou CF, quem mais?

Assim, neste RAP versus CF, qual vai ser a escolha? E a vossa? Anani ananão, ficas tu e eu não... E, talvez o diabo esteja apenas nesta situação azeiteira, mas pelo sim pelo não, vou mas é fazer de avozinha joaninha voadora, ir até Lisboa, em versão moderna de Lady Bug e seu Gato Noir, levar o lanche aos netinhos, que de resto, como diz o RAP perante a adoração de que é alvo, replica:

"-Isso passa-lhe, deixe estar..."

IMG_20230226_140027.jpg

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem é esta Cotovia?

Sigam-me Noutros Vôos

{Instagram}

{Cotovia} Instagram Feed

{Facebook}

Ilustração Perfil @mafalda.carmona

Vôos de Outras Aves

Calendário

Fevereiro 2023

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Voar ao calhas

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Blogs Portugal

{Cotovia} em Colectânea

Sinopse A Coletânea “ERA UMA VEZ…ALENTEJO” é uma obra que inclui poemas, fotografias, ou obras artísticas originais cujo tema e foco principal seja o Alentejo, e está abrangida no projeto europeu “Antologias Digitais”. Tendo a cidade de Évora sido recentemente nomeada Capital Europeia da Cultura 2027, faz todo o sentido homenagear não só a cidade como também toda a beleza circundante e riqueza cultural da região, e observar as maneiras como estas inspiram as pessoas de vários pontos do globo. Autor: Vários Formato: pdf Edição: 08.05.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado; Vítor Pisco Editora Recanto das LetrasBaixar e-book

{Cotovia} em Antologia

Sinopse Aquilo que temos vindo a testemunhar desde 20 de fevereiro de 2022, provoca em nós sentimentos complexos, melhor expressados através da arte. Esta antologia recolhe estes sentimentos, e distribui-os para quem neles se reconforta e revê. Para o povo ucraniano, fica a mensagem de acolhimento, não só em tempos de crise, mas sempre. Porque é difícil expressar a empatia por palavras, mas aqui fica uma tentativa, por 32 autores, nacionais e internacionais. Autor: Instituto Cultural de Évora Formato: pdf Edição: 14.08.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado Editora Recanto das Letras

{Apoio à Vítima}

A APAV tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais. É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma qualificada e humanizada, vítimas de crimes através da sua Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima e da sua Linha de Apoio à Vítima – 116 006 (dias úteis: 09h – 21h). Aquando de um crime, muitas pessoas, para além da vítima directa, serão afectadas directa ou indirectamente pelo crime, tais como familiares, amigos, colegas. A APAV existe para apoiar. Os serviços da APAV são GRATUITOS e CONFIDENCIAIS.

{Notícias Sobre a Ucrânia}

A UE condena com a maior veemência a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Trata-se de uma violação flagrante do direito internacional, incluindo a Carta das Nações Unidas. Apelamos à Rússia para que cesse imediata e incondicionalmente todas as hostilidades, retire o seu pessoal militar e equipamento de todo o território da Ucrânia, no pleno respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas. A UE apoia os princípios e objetivos fundamentais da fórmula de paz da Ucrânia enquanto via legítima e credível rumo a uma paz global, justa e duradoura.
Em destaque no SAPO Blogs
pub