Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

{Cotovia} e Companhia

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

{Cotovia} e Companhia

19
Jun24

Adivinha


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20240618_235224_023.jpg

 

Flauta Louca
{Poema em verso hendecassílabo}

**

O flautista engana p'lo que diz e faz
E em concreto é grande malabarista
Sequer porque o ouvimos é assaz
Mistério e um fim deveras pessimista.

*

Se te falasse em adivinhas, entenderías?
Por insondáveis, misteriosos caminhos
Entre as pedras e escolhos, o seguias?
Será que percebias os erros tamanhos...

*

Da alma esfolada, as mãos esfaceladas
De tanto nos debatermos por vida digna,
Pela identidade, p'lo género, autonomia,
A inocência, tranquilidade, tão tolhidas.

*

Penso em lhe oferecer uma melodia
Que entenda, aprecie, e o entorpeça
O abrande e torne a tormenta acalmia.
Nos resgate desse caos desconhecido.

*

O mesmo que devagar nos levou p'la mão
Atraídos por um encanto tão indefinido
Que certamente perdeu todo o sentido
Na beira do abismo onde desaparecemos.

**

@mafalda.carmona 18.06.2024

#Arte #Literatura #Reflexão #Poesia #Emoção #Criatividade #Inspiração #Filosofia #ExpressãoArtística #Poetas #Adivinha #Metáforas #Cativação #flauta #louca #poética #cotovia #cotoviando #verso #hendecassílabo #poesiaemportugues

17
Jun24

Poeta e Actor


Cotovia@mafalda.carmona

 

Série Frases Ad-Hoc
{Ou Série Pares Improváveis}


Poeta e Actor

"O poeta é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas a roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração."*
*Fernando Pessoa

Entre o poeta e o actor existem pontos em comum. As imagens re(a)presentadas podem, ou não, ser próprias, os sentimentos, assim, serão ou não reais, mas a qualidade revelada na verossimilhança em ambos é necessária para terem credibilidade.

Ao mesmo tempo, cultivam com arte - e manha - o que neles espreita de artista, impostor e de - falso/verdadeiro - profeta, numa forma completa de (d)escrever os sinais e revelar os sentimentos. Por vezes, conseguem até cativar os mais cépticos.

Mestres do artifício, embora se vistam de camaleões para comunicarem, qual a verdadeira espécie que os sinaliza ou os esconde permanece um mistério. Será o espírito da rosa neste imenso jardim chamado mundo, serão os seus príncipes, como o de Exupéry, ou os seus algozes?

Será que assumem a sua responsabilidade perante quem cativaram, principiando por si mesmos para melhor expressão da emoção, ignorando o que sofreram ou majorando-o até o agigantarem em tamanha escala para o sentirem, se o sentirem verdadeiramente?

Nas portas que abrem com as suas encenações, o que deixarão ficar junto da pele que abandonam enquanto serpenteiam pelos corredores da alma dos mortais? De que cor é o pó que deixam para trás, que feitio têm as marcas que escondem à vista de todos?

@mafalda.carmona 16.06.2024

#Arte #Literatura #Reflexão #Poesia #Teatro #Emoção #Cultura #Criatividade #Inspiração #Filosofia #ExpressãoArtística #Poetas #Atores #ResponsabilidadeArtística #Verossimilhança #Metáforas #OPrincipezinho #AntoineDeSaintExupéry #JardimMundial #Cativar #Autenticidade #prosapoética #cotovia #cotoviando"

15
Jun24

A Maçã


Cotovia@mafalda.carmona

1718458747151.jpg

 

Newton e Maçã

{ Poema em verso hendecassílabo}

**

Sob a macieira estaria Newton,

Em sonhos vagava, sem ter consciência;

Árvore especial pois continha um dom:

Era ela a maçã que revirou a ciência.

*

Logo que caiu, lhe acertou na cabeça,

Peça essencial para toda a humanidade,

Levou-nos à lua sem que nada a impeça,

E serviu Armstrong com muita humildade.

*

Foi o dia do início da era espacial,

Quando descobriu a força da gravidade,

Na verdade nada mais foi natural,

Assim nasceu o deus da artificialidade.

*

Mais tarde a Macintosh por fim concebida

Ficou conhecida a maternidade da AI

Ser filha da maçã não é ideia descabida

São as consequências de dormir por aí.

*

Moral a tirar desta prosa poética:

Desde foguetão ao pequeno electrão, 

É constatação e também lei da física, 

O que quer que suba, cai ao trambolhão.

**

@mafalda.carmona 13.06.2024

 

A {Série} Frases Ad-Hoc sugere uma continuidade ou uma coleção de pensamentos e narrativas improvisadas ou espontâneas, que podem, ou não, vir a ter uma continuação ou serem o início de algo mais completo. 

No caso a frase Ad-Hoc das Maçãs (que incluo aqui em baixo) deu origem a um poema, que aqui partilho em simultâneo no meu blogue no SapoBlogs, Cotovia e Companhia, espero que gostem! 

Ou como diria o amigo poeta @uaialvi "Celebrem com sidra, bebam poesia", ou seria a inversa? Suponho que a primeira alternativa seja a mais saudável.

Bom fim-de-semana, Pessoas!

 

{Série} Frases Ad-Hoc 

Existem as maçãs do rosto; a maçã de Adão; a maçã localidade; a Praia das Maçãs; a maçã fuji; a maçã da serpente; a maçã de Newton; a maçã da Apple; a maçã da bruxa má; a maçã camoesa; a maçã de Leonardo... Existirão inúmeras maçãs. 

Mas, ao contar uma história sobre maçãs, será a história sobre 'uma' maçã. Com ela, seja uma das nomeadas ou incógnita, meia-história ficará subentendida, faltará a outra metade. 

Qual a metade que seremos nós, a que falta ou a que sobra? Qual a que ambicionamos ser, mesmo sem disso saber? Ou saberemos? Qual o sabor, cor, sumo que tem? Ou que queremos que tenha?

 

@mafalda.carmona 14.06.2024

 

#frases #Ad-hoc #maçã #prosa #poética #reflectir #quotidiano #filosofia #vida #sumo #cotovia #cotoviando #questionar #amar #viver #filosofia #amorinfinito #abstrato #narrativa 

#criação #literatura #prosapoética #cotoviando 

#escrita #poetry #creativi

ty #poesia #hendecassílabo #newton #ciência

11
Jun24

Zero e Graça


Cotovia@mafalda.carmona

WSP_11062024_160923.png

{Série} Frases Ad-Hoc

 

Esta {Série} Frases Ad-Hoc sugere uma continuidade ou uma colecção de pensamentos e narrativas improvisadas ou espontâneas, que podem, ou não, vir a ter uma continuação ou serem o início de algo mais completo. Aqui vos deixo mais uma partilha desta série, desta vez um micro-conto que nasceu inicialmente em língua inglesa e que transpus para português. Espero que gostem deste micro-conto "Zero and Grace Tale".

 

> "O amor é composto de uma única alma habitando dois corpos." - Aristóteles

> "Quatro, tres, dos, uno... Nada." - U2

 

(En)

My only one private tale is that I am Zero, finding eternal time and space within your endless love. In that unknown mathematics, I am flying to reach you, making a looping eight.

Zero I am, as an even or heavenly number that dances in gravity, and Grace hides herself in the world's rounded words, chasing one another.

Together we play, envision the infinite layers of possibilities created when the real and the abstract become one.

Grace lives in Zero gravity; Zero has Grace craved inside him, and they lived happily ever after until the end of this once upon a time.

 

(Pt)

O meu conto preferido é um em que sou Zero, procurando o tempo e o espaço eternos dentro do teu amor infinito. Nessa matemática desconhecida, vôo em loop para te alcançar, formando um oito.

Zero eu sou, um número justo ou celestial que dança na gravidade e a Graça esconde-se nas palavras arredondadas do mundo, onde se perseguem mutuamente.

Juntos brincamos de imaginar as infindas camadas de possibilidades que se geram quando o real e o abstrato se tornam um só.

Graça vive em Zero gravidade; Zero tem Graça gravada por dentro, e viveram felizes para sempre até ao fim deste era uma vez.

 

@mafalda.carmona 11.06.2024 | 05:55hrs

 

#microconto #poesia #filosofia #amorinfinito #abstrato #narrativa #criação #literatura #fc #souzero #nada #graça #prosapoética #cotovia #cotoviando #escrita #escritacriativa #ficção

 

#microstory #poetry #philosophy #infiniteLove #abstract #storytelling #creativity #literature #shorttales #inspiration #cf #zero #grace #lark #fiction #MathematicsInArt #PhilosophicalStories

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem é esta Cotovia?

Sigam-me Noutros Vôos

{Instagram}

{Cotovia} Instagram Feed

{Facebook}

Ilustração Perfil @mafalda.carmona

Vôos de Outras Aves

Calendário

Julho 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Voar ao calhas

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Blogs Portugal

{Cotovia} em Colectânea

Sinopse A Coletânea “ERA UMA VEZ…ALENTEJO” é uma obra que inclui poemas, fotografias, ou obras artísticas originais cujo tema e foco principal seja o Alentejo, e está abrangida no projeto europeu “Antologias Digitais”. Tendo a cidade de Évora sido recentemente nomeada Capital Europeia da Cultura 2027, faz todo o sentido homenagear não só a cidade como também toda a beleza circundante e riqueza cultural da região, e observar as maneiras como estas inspiram as pessoas de vários pontos do globo. Autor: Vários Formato: pdf Edição: 08.05.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado; Vítor Pisco Editora Recanto das LetrasBaixar e-book

{Cotovia} em Antologia

Sinopse Aquilo que temos vindo a testemunhar desde 20 de fevereiro de 2022, provoca em nós sentimentos complexos, melhor expressados através da arte. Esta antologia recolhe estes sentimentos, e distribui-os para quem neles se reconforta e revê. Para o povo ucraniano, fica a mensagem de acolhimento, não só em tempos de crise, mas sempre. Porque é difícil expressar a empatia por palavras, mas aqui fica uma tentativa, por 32 autores, nacionais e internacionais. Autor: Instituto Cultural de Évora Formato: pdf Edição: 14.08.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado Editora Recanto das Letras

{Apoio à Vítima}

A APAV tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais. É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma qualificada e humanizada, vítimas de crimes através da sua Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima e da sua Linha de Apoio à Vítima – 116 006 (dias úteis: 09h – 21h). Aquando de um crime, muitas pessoas, para além da vítima directa, serão afectadas directa ou indirectamente pelo crime, tais como familiares, amigos, colegas. A APAV existe para apoiar. Os serviços da APAV são GRATUITOS e CONFIDENCIAIS.

{Notícias Sobre a Ucrânia}

A UE condena com a maior veemência a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Trata-se de uma violação flagrante do direito internacional, incluindo a Carta das Nações Unidas. Apelamos à Rússia para que cesse imediata e incondicionalmente todas as hostilidades, retire o seu pessoal militar e equipamento de todo o território da Ucrânia, no pleno respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas. A UE apoia os princípios e objetivos fundamentais da fórmula de paz da Ucrânia enquanto via legítima e credível rumo a uma paz global, justa e duradoura.
Em destaque no SAPO Blogs
pub