Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

{Cotovia} e Companhia

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

{Cotovia} e Companhia

01
Mar24

Amor

{Desafio 1foto1texto nº22}


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20240229_004603.jpg

E se... fosses amor?

{2 Poemas Tanka e Aldravia versão PT e EN}

**

É tudo o que sou

Pequeno grão, e outro ainda

De dor ou alegria

*

Eco em queda silenciosa

Corro livre no paraíso

**

Mafalda Carmona

01.03.2024 | 07:55 hrs

**

Everything I am

A tiny grain, one by one

Lies on fear or joy

*

Silent echo in the fall

Running towards paradise.

**

Mafalda Carmona

01.03.2024 | 07:55 hrs

**

Aldravia Amor é...

Tempo

Cego

Solitude

Rendição 

Fortitude

Natureza

**

Blind

Time

Solitude

Surrender

Fortitude

Nature

**

Mafalda Carmona

29.02.2024 | 19:45 hrs

Espero que gostem dos poemas de hoje, em formatos diferentes nesta reflexão sobre o Amor. Para vós, Pessoas, o que é o Amor, alguma das alternativas avançadas aqui? Nenhuma? Todas?

Desejo, a todas vós Pessoas, céus de muito Amor neste fim-de-semana, bons vôos!

Para saberem mais sobre o desafio 1foto1texto, aqui fica a ligação para o blogue da Isabel , o  "Pessoas e Coisas da Vida".

Para verem os desafios anteriores da Cotovia:

E se... chovessem arco-íris? #1

E se... o mar fosse de tecido? #2

E se... as mesas falassem?#3

E se... a divisão não existisse?#4

E se... as letras andassem?#5

E se... fossemos sempre crianças?#6

E se... o tempo parasse?#7

E se... fossemos flores?#8

E se... a palavra tivesse dono?#9

E se... houvesse Paz?#10

E se... o Céu fosse uma prisão?#11

E se... fosses gato abandonado?#12

E se... a Vida fosse um jogo?#13

E se... a Alma for roubada?#14

E se... a Poesia fosse um jardim?#15

E se... fosses Outono?#16

E se... fosses Sol?#17

E se... fosses doce?#18

E se... fosses música?#19

E se... fosses orquídea?#20

E se... fosses um voto?#21

Bom dia de sexta-feira, e um excelente fim-de-semana para todo(a)s!

Saúde, Paz e... Viva a Liberdade, a Poesia!

26
Jan24

Música


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20240126_161826.jpg

 

Desafio 1foto1texto #19

E se... fosses música?

{Tanka}

*

Registo nas cordas

A musa em viva rebeldia

De um final sereno.

*

Embarco na malha solta

Onde termina um acorde.

**

Mafalda Carmona

26.01.2024 | 15:55 hr

**

 

What if... You were music?

**

Opposed to strings

Muse breathes rebellion 

For serene way.

*

I embrace the loose mesh

Where the music chord ends.

**

Mafalda Carmona

26.01.2024 | 15:48

 

Olá Pessoas!

Após um interregno no desafio "1foto1texto", volto nesta sexta-feira - já sabem, o meu dia preferido, por ser véspera do fim-de-semana, por ter nascido a uma sexta-feira, e por normalmente ser quando é possível a família estar reunida, tudo coisas muito agradáveis, nomeadamente a minha Pessoa- para mais um poema, desta vez em formato de Tanka, e o décimo nono em resposta a este desafio! A novidade é estar também em inglês, em consequência de um outro desafio proposto pelo "Fotografar Palavras", onde o processo é ao revés, vem primeiro o 1texto, depois a 1foto.

Neste caso, só por acaso, o Tanka nasceu na língua de Shakespeare, e depois é que o escrevi em português. Quem está na fotografia é o Sr. Cotovio, músico de ouvido perfeito, o meu maior e permanente crítico (tem um grau de exigência que não se aguenta, como se diz, santos da casa não fazem milagres...) nas poesias. Assim, o que importa é exercer a criatividade, seja lá por onde se começa, e todos os desafios são válidos, são um incentivo e demonstram a generosidade de quem os propõe.

Espero que gostem!

Para saberem mais sobre o desafio 1foto1texto, aqui fica a ligação para o blogue da Isabel , o  "Pessoas e Coisas da Vida".

Para ver os desafios anteriores da Cotovia:

E se... chovessem arco-íris? #1

E se... o mar fosse de tecido? #2

E se... as mesas falassem?#3

E se... a divisão não existisse?#4

E se... as letras andassem?#5

E se... fossemos sempre crianças?#6

E se... o tempo parasse?#7

E se... fossemos flores?#8

E se... a palavra tivesse dono?#9

E se... houvesse Paz?#10

E se... o Céu fosse uma prisão?#11

E se... fosses gato abandonado?#12

E se... a Vida fosse um jogo?#13

E se... a Alma for roubada?#14

E se... a Poesia fosse um jardim?#15

E se... fosses Outono?#16

E se... fosses Sol?#17

E se... fosses doce?#18

Bom resto de dia de sexta-feira, e um excelente fim-de-semana para todo(a)s!

Saúde, Paz e... Viva a Poesia!

 

10
Nov23

E se...

{desafio 1foto1texto E se...#16}


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20231109_175142.jpg

E se ... fosses Outono?

{Poema Tanka}

**

Céu rosa d'Outono,

No olhar o mar reflectido,

Ondas ao reverso.

*

Nuvens são finos farrapos,

Que abraçam corpos celestes.

**

Mafalda Carmona

09.11.2023 | 22:15

 

Para saberem mais sobre o desafio 1foto1texto, aqui fica a ligação para o blogue da Isabel , o  "Pessoas e Coisas da Vida".

Para ver os desafios anteriores da Cotovia:

E se... chovessem arco-íris? #1

E se... o mar fosse de tecido? #2

E se... as mesas falassem?#3

E se... a divisão não existisse?#4

E se... as letras andassem?#5

E se... fossemos sempre crianças?#6

E se... o tempo parasse?#7

E se... fossemos flores?#8

E se... a palavra tivesse dono?#9

E se... houvesse Paz?#10

E se... o Céu fosse uma prisão?#11

E se... fosses gato abandonado?#12

E se... a Vida fosse um jogo?#13

E se... a Alma for roubada?#14

E se... a Poesia fosse um jardim?#15

 

03
Nov23

Aldravia

{desafio#14 1foto1texto}


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20231103_143417.jpg

 

E se... a Poesia fosse um jardim?

{Poema em Formato Aldravia*}

**

                                                        jardineiro 

                                                                    semeia

                                                                                                     

                                                                                      poesia

                                                          terrena 

 

                                                                       alegria

 

                                                                                                              carpe diem

**

Mafalda Carmona

03.11.2023 | 09.11hr

 

*"Aldravia: poema composto de até seis versos univocabulares, com sintaxe paratática (por coordenação), é um poema que condensa significação com um mínimo de palavras, sem que isso signifique extremo esforço para sua elaboração.(1) A Aldravia permite certa liberdade criativa na apresentação, desde que mantido o conceito de até 6 versos univocabulares, considerando a apresentação tradicional, ou a disposição visual das palavras no espaço."

Para saber mais sobre este formato de poesia, a aldravia, as ligações para artigos, definições e exemplos:

Para saberem mais sobre o desafio 1foto1texto, aqui fica a ligação para o blogue da Isabel , o  "Pessoas e Coisas da Vida".

Para ver os desafios anteriores da Cotovia:

E se... chovessem arco-íris? #1

E se... o mar fosse de tecido? #2

E se... as mesas falassem?#3

E se... a divisão não existisse?#4

E se... as letras andassem?#5

E se... fossemos sempre crianças?#6

E se... o tempo parasse?#7

E se... fossemos flores?#8

E se... a palavra tivesse dono?#9

E se... houvesse Paz?#10

E se... o Céu fosse uma prisão?#11

E se... fosses gato abandonado?#12

E se... a Vida fosse um jogo?#13

E se... a Alma for roubada?#14

 

P.S.

A Cotovia não poderia ir descansada de fim-de-semana sem partilhar um post scriptum... Aqui vai a revelação de suma importância, como habitual (só que não, é só relativamente importante...):

Ao ficar a conhecer um pouco melhor este formato de Aldravia pude concluir que o "Poema do Malmequer" que se trata apenas de uma recolha de expressão popular, não sendo da minha autoria, senão a conjugação com as imagens, é uma Aldravia, senão vejam:

"mal-me-quer

bem-me-quer

muito

pouco

nada

amor"

Agora sim, posso desejar um excelente fim-de-semana, Pessoas!

 

P.S.2

Olá Pessoas novamente!

Hoje é sábado e ainda com o pensamento neste Aldravia do jardim de poesia, pensei que poderia ser editado, por isso quem aqui de vós Pessoas vier avoar neste fim-se-semana, se vos for possível, que participe na votação, e diga qual a que prefere. A versão inicial será o "Jardim Aldravia #1" e esta agora será o "Jardim Aldravia #2":

 

E se... a Poesia fosse um jardim?

 

                              jardineiros

 

      semeiam

 

                   poesias

 

     florescem 

 

                       alegrias

 

                                     amores-perfeitos

 

Mafalda Carmona

04.11.2023 | 09.31hr

E é isto! Bom sábado Pessoas! Beijinhos, abraços... E viva a Poesia!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem é esta Cotovia?

Sigam-me Noutros Vôos

{Instagram}

{Cotovia} Instagram Feed

{Facebook}

Ilustração Perfil @mafalda.carmona

Vôos de Outras Aves

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Voar ao calhas

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Blogs Portugal

{Cotovia} em Colectânea

Sinopse A Coletânea “ERA UMA VEZ…ALENTEJO” é uma obra que inclui poemas, fotografias, ou obras artísticas originais cujo tema e foco principal seja o Alentejo, e está abrangida no projeto europeu “Antologias Digitais”. Tendo a cidade de Évora sido recentemente nomeada Capital Europeia da Cultura 2027, faz todo o sentido homenagear não só a cidade como também toda a beleza circundante e riqueza cultural da região, e observar as maneiras como estas inspiram as pessoas de vários pontos do globo. Autor: Vários Formato: pdf Edição: 08.05.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado; Vítor Pisco Editora Recanto das LetrasBaixar e-book

{Cotovia} em Antologia

Sinopse Aquilo que temos vindo a testemunhar desde 20 de fevereiro de 2022, provoca em nós sentimentos complexos, melhor expressados através da arte. Esta antologia recolhe estes sentimentos, e distribui-os para quem neles se reconforta e revê. Para o povo ucraniano, fica a mensagem de acolhimento, não só em tempos de crise, mas sempre. Porque é difícil expressar a empatia por palavras, mas aqui fica uma tentativa, por 32 autores, nacionais e internacionais. Autor: Instituto Cultural de Évora Formato: pdf Edição: 14.08.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado Editora Recanto das Letras

{Apoio à Vítima}

A APAV tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais. É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma qualificada e humanizada, vítimas de crimes através da sua Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima e da sua Linha de Apoio à Vítima – 116 006 (dias úteis: 09h – 21h). Aquando de um crime, muitas pessoas, para além da vítima directa, serão afectadas directa ou indirectamente pelo crime, tais como familiares, amigos, colegas. A APAV existe para apoiar. Os serviços da APAV são GRATUITOS e CONFIDENCIAIS.

{Notícias Sobre a Ucrânia}

A UE condena com a maior veemência a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Trata-se de uma violação flagrante do direito internacional, incluindo a Carta das Nações Unidas. Apelamos à Rússia para que cesse imediata e incondicionalmente todas as hostilidades, retire o seu pessoal militar e equipamento de todo o território da Ucrânia, no pleno respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas. A UE apoia os princípios e objetivos fundamentais da fórmula de paz da Ucrânia enquanto via legítima e credível rumo a uma paz global, justa e duradoura.
Em destaque no SAPO Blogs
pub