Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

{Cotovia} e Companhia

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

{Cotovia} e Companhia

17
Nov19

Como ser sábio


Cotovia@mafalda.carmona

Ou... como o problema não são as toupeiras mas as cegueiras...

 

  • O evento deste post, que envolve as toupeiras, teve lugar esta semana quando estive numa superfície comercial que muito aprecio, não só pelos produtos, mas também porque mantiveram a zona verde e os pinheiros junto ao estacionamento e edifício, e depois das obras de remodelação o espaço interior ficou luminoso e cheio de luz natural.

Ora então, foi no relvado onde avistei, ou achei, os montes de terra característicos das nossas amigas toupeiras... recuei até ao tempo da minha infância na quinta e percebi que, na coleção de memórias desde 1968, não consta o registo do visionamento de nenhuma toupeira, apenas os montes. Montes esses que exasperavam o Sr. J. e sua esposa a Sra. D. para quem esses achamentos, avistamentos ou visionamentos eram um autêntico terror.

mole  t S t.jpg

Na verdade nunca percebi bem o que se passava senão que, inúmeras vezes, sobretudo na minha vida (que é mais fácil de aferir, não que desvalorize as vossas vidas, muito pelo contrário), os problemas e contrariedades se assemelham a toupeiras: parece estar tudo bem, obrigada, e de repente surge um buraco vindo sabe-se lá de onde, mas sempre com o supremo objetivo de desorientar a minha existência e perturbar o ram-ram do dia-a-dia, até porque como afirmou o Sr. carteiro -também esta semana- "Se há um engano, não quer dizer que haja segundo, mas se há segundo há terceiro de certeza, quem sabe um engano para sempre!" (excelente observação relativa ao extravio de encomendas que, quanto a mim, quando extensível a outras áreas de enganos poupa tempo e aborrecimentos).

E é exatamente isso que sucede com os problemas, vem em trios ou quartetos, por vezes uma orquestra completa, cada um mais desafinado e estridente que o outro e, para mais, brotam literalmente do nada e na maior parte das vezes nem se percebe que raio os gerou e por isso a dificuldade na tarefa de os solucionar torna-se dantesca, etapa em que, por fim, me solidarizo com o Sr. J e a Sra. D. ficando eu mesma em estado de terror absoluto, por causa dos problemas, não das toupeiras, claro, e porque esta imprevisibilidade do surgimento espácio-temporal dos buracos é assustadora, e tal como a toupeira, nestas ocasiões fico um bocado às escuras e meio cega para a causa, ou suponho causas, de tantas aflições.

mole.jpg

Ora acontece que, ao contrário da vox populi, a toupeira não é nada cega. Sabe, ao contrário do que seria de supor pela observação da malha desordenada de buracos, perfeitamente o que faz e para que o faz, sendo que a "plantação" dos seus buracos nada tem de aleatório, sendo apenas a consequência da sua atarefada, e eficiente, gestão de tuneis destinados à apanha da minhoca. Bem, parece estar também relacionado com a procura por parte do Sr. Toupeira da Sra. Toupeira por altura dos meses de Fevereiro a Maio, quando o Sr. Toupeira, movido por uma veia exploratória ausente nos outros meses do ano, constrói "túneis em áreas desconhecidas" a fim de encontrar a Sra. Toupeira para um "amor à primeira vista", suponho de sucesso ao invés dos desaires do seu congénere televisivo.(Wikipédia-https://www.wikiwand.com/pt/Talpidae)

É, portanto, um bicharoco muito esperto, até bastante sábio e talvez por isso tenha sido elevada à condição de bicho sapiente e escolhida para fazer companhia ao rapaz, ao cavalo e à raposa (The Boy, The Mole, The Fox and The Horse) na história de Charlie Mackesy.

Nesta história, destinada aos mais jovens, mas quanto a mim adequada a todas as idades (isto porque a "cegueira" é transversal e não conhece limites geográficos, etários, de género ou outros sendo mais universal do que a carta dos direitos humanos, vulgo, Declaração Universal dos Direitos Humanos, com a desagradável constatação de que, ao contrário da Declaração, esta "cegueira" é muito anterior a 1948) as ilustrações e os personagens fazem-nos pensar muito a sério através das mensagens do seu autor, onde reequaciona as suas prioridades, a importância das coisas, a vida, as amizades e também os problemas.

Assim, Charlie Mackesy, tal como outros autores, concluí que muitas das vezes a raiz dos problemas está em escutarmos mais o desafinar dos nossos medos e menos a ordem dos nossos sonhos, a diferença está em que, desta vez dá voz, insuspeitamente, a uma toupeira, caracterizada como sendo um pouco gulosa por bolos mas bastante razoável e sábia pois mostra vontade de revolucionar o mundo das toupeiras, e quem sabe revolucionar o nosso mundo, com as suas apreciações e reflexões, coisa que nem nos seus devaneios mais elaborados o Sr. J. ou a Sra. D. imaginaram!

1571738821_dreams.png

https://www.theguardian.com/books/2019/nov/09/boy-mole-fox-horse-christmas-bestseller-charlie-mackesy

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem é esta Cotovia?

Sigam-me Noutros Vôos

{Instagram}

{Cotovia} Instagram Feed

{Facebook}

Ilustração Perfil @mafalda.carmona

Vôos recentes

Vôos de Outras Aves

Calendário

Fevereiro 2024

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829

Voar ao calhas

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Blogs Portugal

{Cotovia} em Colectânea

Sinopse A Coletânea “ERA UMA VEZ…ALENTEJO” é uma obra que inclui poemas, fotografias, ou obras artísticas originais cujo tema e foco principal seja o Alentejo, e está abrangida no projeto europeu “Antologias Digitais”. Tendo a cidade de Évora sido recentemente nomeada Capital Europeia da Cultura 2027, faz todo o sentido homenagear não só a cidade como também toda a beleza circundante e riqueza cultural da região, e observar as maneiras como estas inspiram as pessoas de vários pontos do globo. Autor: Vários Formato: pdf Edição: 08.05.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado; Vítor Pisco Editora Recanto das LetrasBaixar e-book

{Cotovia} em Antologia

Sinopse Aquilo que temos vindo a testemunhar desde 20 de fevereiro de 2022, provoca em nós sentimentos complexos, melhor expressados através da arte. Esta antologia recolhe estes sentimentos, e distribui-os para quem neles se reconforta e revê. Para o povo ucraniano, fica a mensagem de acolhimento, não só em tempos de crise, mas sempre. Porque é difícil expressar a empatia por palavras, mas aqui fica uma tentativa, por 32 autores, nacionais e internacionais. Autor: Instituto Cultural de Évora Formato: pdf Edição: 14.08.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado Editora Recanto das Letras

{Apoio à Vítima}

A APAV tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais. É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma qualificada e humanizada, vítimas de crimes através da sua Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima e da sua Linha de Apoio à Vítima – 116 006 (dias úteis: 09h – 21h). Aquando de um crime, muitas pessoas, para além da vítima directa, serão afectadas directa ou indirectamente pelo crime, tais como familiares, amigos, colegas. A APAV existe para apoiar. Os serviços da APAV são GRATUITOS e CONFIDENCIAIS.

{Notícias Sobre a Ucrânia}

A UE condena com a maior veemência a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Trata-se de uma violação flagrante do direito internacional, incluindo a Carta das Nações Unidas. Apelamos à Rússia para que cesse imediata e incondicionalmente todas as hostilidades, retire o seu pessoal militar e equipamento de todo o território da Ucrânia, no pleno respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas. A UE apoia os princípios e objetivos fundamentais da fórmula de paz da Ucrânia enquanto via legítima e credível rumo a uma paz global, justa e duradoura.
Em destaque no SAPO Blogs
pub