Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

{Cotovia} e Companhia

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

Olá Pessoas! Bem-vindas ao blogue da Cotovia onde (m)ando {cotovia}ando! Sigam a cor deste vôo: "Nascemos poetas, só é preciso lembrá-lo. Saber é quase tudo. Sentir é o Mundo." @mafalda.carmona

{Cotovia} e Companhia

18
Ago23

E se... 1Foto 1Texto#4

Desafio


Cotovia@mafalda.carmona

IMG_20230817_150920.jpg

(4) E se... a divisão não existisse?

**

Somente era uma erva

Mãos dadas com o astronauta,

Navegam ao acaso

*

Grandioso Cosmos sonha,

Quando a semente floresce.

****

Mafalda Carmona

17.08.23 | hr.15:13

 

  • (4) Foto e Texto de Mafalda Carmona em resposta ao desafio 1Foto1Texto aqui no blogue da Isabel " Pessoas e Coisas da Vida".

Para ver os desafios anteriores da Cotovia:

E se... chovessem arco-íris? #1

E se... o mar fosse de tecido? #2

E se... as mesas falassem?#3

06
Abr23

Lobo Mau


Cotovia@mafalda.carmona

Tres-Porquinhos_capa.jpg

 Fábula do Lobo Mau

 

  • Ou qual o sentido desta fábula, que de fabulosa não tem absolutamente nada, senão pelo fabuloso contra senso de decisões, dos intervenientes nesta história que pode levar a muita história de má memória. Porque o contexto atual, com os intervenientes Europa e R.P.C., que simplificamos, para China, esquecendo a história da República Popular, lembrou-me da história do lobo Mau e dos 3 porquinhos. (Embora estejamos na quadra do cordeiro, mas também poderia ser esta uma história de sacrifício, neste caso do individualismo das nações para um bem maior, mas já lá vamos).

Porquê? Porque quando se faz uma casa de palha, tem de se fazer um acordo com o lobo mau e ficar dependente da sua vontade de cumprir ou não o acordo...ora como o lobo mau não consegue negar a sua natureza, aliás as diferentes espécies não negam a sua natureza, em algum momento este Lobo vai lembrar de quem é lobo... E de quem tem casa de palha. 

Por mais acordos que existam, a natureza ganha sempre, já o génio Albert, Einstein, o disse e muitos outros o estão a dizer, desde logo através da classificação desta Era como a do Antropoceno, que eventualmente culminará na previsão de Einstein sobre o destino da humanidade.

Isto para dizer que a Europa deveria construir uma casa de tijolo e pedra, a única forma de se defender de todos os lobos maus e em segurança social e prosperidade financeira cantar:

"-Quem tem medo do lobo mau do lobo mau? Hahaha" 

A palavra em pauta é "União", pois se objetivamente a Europa não quer estar na mão de quem a quiser, desde a Rússia, a Ásia aos EUA, e estar na eminência de ficar ao sabor dessas grandes e gigantes placas tectónicas da política e finança, a viver no terror de elas se começarem a movimentar, e como se costuma dizer colocar a Europa numa situação insustentável, entre a espada e a parede, tem de conseguir essa União.

Estrategicamente, não é necessário ser Alexandre o Grande para olhar para o Mapa Mundo e perceber que a Europa está a ficar encurralada entre Este e Oeste, com a ameaça da Rússia a Nordeste, ou a este, pela invasão do Sul da Ucrânia, seguindo pela Moldávia e Roménia, basta olhar para o mapa.

E na natureza, como nada de novo vem, permanecerá o sol nascente e o sol poente bem como os ventos gélidos e destrutivos no nordeste russo, o que é preocupante, pois sabemos que o destino dos mais fracos, infelizmente, é não serem respeitados pelos mais fortes, sobretudo quando a história reza guerras como resultado de acordos tão bem engendrados como o bem intencionado entre a Rússia, a Inglaterra e os EUA com a Ucrânia.

Concluindo com uma questão:

Para quando uma União europeia real e concreta que permita a esta Europa construir uma casa de tijolo e pedra, com boas fundações, telhado,  e, lá dentro, acolher os países e os seus cidadãos europeus , para que possam viver a salvo, em Paz, Democracia e Prosperidade?

E sim, sou europeísta

Porque a União faz a Força.

Mafalda Carmona.

Screenshot_2023-04-06-10-39-08-454-edit_com.facebo

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Quem é esta Cotovia?

Sigam-me Noutros Vôos

{Instagram}

{Cotovia} Instagram Feed

{Facebook}

Ilustração Perfil @mafalda.carmona

Vôos de Outras Aves

  • cumplicedotempo

    Num mundo tão cinzento no que se refere a politiqu...

  • cumplicedotempo

    Eu bem digo minha amiga Cotovia, preciso tempo par...

  • Cotovia@mafalda.carmona

    Que bom que gostaste, fiquei muito emocionada com...

  • Ana D.

    Quem dera que os nossos políticos tivessem tamanho...

  • Ana D.

    Muito obrigada pela partilha deste excelente conto...

Calendário

Fevereiro 2024

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829

Voar ao calhas

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Blogs Portugal

{Cotovia} em Colectânea

Sinopse A Coletânea “ERA UMA VEZ…ALENTEJO” é uma obra que inclui poemas, fotografias, ou obras artísticas originais cujo tema e foco principal seja o Alentejo, e está abrangida no projeto europeu “Antologias Digitais”. Tendo a cidade de Évora sido recentemente nomeada Capital Europeia da Cultura 2027, faz todo o sentido homenagear não só a cidade como também toda a beleza circundante e riqueza cultural da região, e observar as maneiras como estas inspiram as pessoas de vários pontos do globo. Autor: Vários Formato: pdf Edição: 08.05.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado; Vítor Pisco Editora Recanto das LetrasBaixar e-book

{Cotovia} em Antologia

Sinopse Aquilo que temos vindo a testemunhar desde 20 de fevereiro de 2022, provoca em nós sentimentos complexos, melhor expressados através da arte. Esta antologia recolhe estes sentimentos, e distribui-os para quem neles se reconforta e revê. Para o povo ucraniano, fica a mensagem de acolhimento, não só em tempos de crise, mas sempre. Porque é difícil expressar a empatia por palavras, mas aqui fica uma tentativa, por 32 autores, nacionais e internacionais. Autor: Instituto Cultural de Évora Formato: pdf Edição: 14.08.2023 Ilustração capa e contracapa: Ana Rosado Editora Recanto das Letras

{Apoio à Vítima}

A APAV tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais. É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma qualificada e humanizada, vítimas de crimes através da sua Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima e da sua Linha de Apoio à Vítima – 116 006 (dias úteis: 09h – 21h). Aquando de um crime, muitas pessoas, para além da vítima directa, serão afectadas directa ou indirectamente pelo crime, tais como familiares, amigos, colegas. A APAV existe para apoiar. Os serviços da APAV são GRATUITOS e CONFIDENCIAIS.

{Notícias Sobre a Ucrânia}

A UE condena com a maior veemência a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Trata-se de uma violação flagrante do direito internacional, incluindo a Carta das Nações Unidas. Apelamos à Rússia para que cesse imediata e incondicionalmente todas as hostilidades, retire o seu pessoal militar e equipamento de todo o território da Ucrânia, no pleno respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Ucrânia dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas. A UE apoia os princípios e objetivos fundamentais da fórmula de paz da Ucrânia enquanto via legítima e credível rumo a uma paz global, justa e duradoura.
Em destaque no SAPO Blogs
pub